Sobre vacinas, autismo e stims

Sobre vacinas, autismo e stims

15 de abril de 2021 Blog 0

Começou segunda-feira (12 de abril) a campanha nacional de vacinação de 2021 contra a gripe (Influenza). Até 9 de julho, o Ministério da Saúde prevê que 80 milhões de brasileiros de diferentes grupos prioritários serão imunizados pelo SUS.

Na foto: Vacine suas crianças e respeite os stims.

A vacinação será dividida em três etapas:
  • A partir de 12 de abril: crianças entre 6 meses e 6 anos, gestantes e puérperas (mulheres no período de até 45 dias após o parto), povos indígenas e trabalhadores da saúde.
  • A partir de 11 de maio: idosos com mais de 60 anos e professores.
  • A partir de 9 de junho: integrantes das forças de segurança e salvamento, pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes em medidas socioeducativas.
  • Só crianças com menos de 6 meses de vida e pessoas com histórico de reação alérgica intensa aos componentes da vacina da gripe têm contraindicação.
Nós, aqui de casa, fizemos a visita ao Centro de Saúde do bairro ontem. Vinícius foi vacinado contra a gripe e também tomou a DPT (contra Difteria, Coqueluche e Tétano), do calendário da caderneta de vacinação dele. Chegou reclamando de dor no local da aplicação da vacina, pegou os carrinhos e os organizou lateralmente e por tons de cores “para se sentir melhor”. É stim? É. Faz mal? Nem um pouquinho. Depois disso ele tomou um banho e foi fazer a soneca da tarde.
É isso.

 

Skip to content